Solidão

3 02 2010

“No passado, quando eu queria a companhia de outros, pedia o que eles não iam dar, ou melhor, não podiam.  Aí sim, vi o que era solidão. Vi muito bem. Não precisar de ninguém é nunca estar só.”

Irvin D. Yalom. Livro “A cura de Schopenhauer”.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: