Maus hábitos.

11 01 2010

“O homem com quem fugiu minhamulher interpretava Chopin maravilhosamente. Pobre Vitória! Eu a estimava muito! A casa está vazia sem ela. É claro que a vida conjugal não passa de um hábito, de um mau hábito, aliás. Mas costumamos lamentar até mesmo a perda de nossos piores hábitos. Talvez justamente desses é que tenhamos mais saudades. São uma parte essencial de nossa personalidade.”

Oscar Wilde. Livro “O retrato de Dorian Gray”.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: