Nada, senão o instante, me conhece.

1 12 2009

“Se recordo quem fui, outrem me vejo, 
E o passado é o presente na lembrança. 
Quem fui é alguém que amo 
Porém somente em sonho. 
E a saudade que me aflige a mente 
Não é de mim nem do passado visto, 
Senão de quem habito
Por trás dos olhos cegos. 
Nada, senão o instante, me conhece. 
Minha mesma lembrança é nada, e sinto 
Que quem sou e quem fui
São sonhos diferentes.”

Fernando Pessoa. Livro “Odes de Ricardo Reis”.  


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: